Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Ensino > Coordenadoria Geral de Ensino > Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi)
Início do conteúdo da página

Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi)

Publicado: Sexta, 25 de Fevereiro de 2022, 10h27 | Última atualização em Sexta, 25 de Fevereiro de 2022, 12h34

O NEABI  tem por finalidade desenvolver ações de Ensino, Pesquisa e Extensão orientadas às temáticas das identidades, das relações étnico-raciais e do racismo no contexto de nossa sociedade multiétnica e pluricultural. 

São objetivos do Neabi:

I – propor e promover ações de Ensino, Pesquisa e Extensão orientadas às temáticas das identidades e relações étnico-raciais e do racismo no contexto de nossa sociedade multiétnica e pluricultural;

II – atuar no desenvolvimento de ações afirmativas no Ifes, em diálogo com os movimentos sociais (negros e indígenas) e demais setores da sociedade civil, em prol de uma efetiva implantação do Ensino da História e Cultura Afro-brasileira, Africana e Indígena, conforme o arcabouço legal;

III  – envidar esforços, a partir das demandas expressas pelos movimentos sociais negros e indígenas, representação no Conselho Superior, no Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e PósGraduação, na Câmara de Ensino, na Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação e na Câmara de Extensão do IFES, para participar das tomadas de decisão sobre as diretrizes de Ensino, Pesquisa e Extensão nas temáticas étnico-raciais promovendo a cultura de uma educação antirracista, compreendendo e respeitando a diversidade;

IV – encarregar-se como órgão proponente e consultivo, conforme artigo 2º, no que tange às políticas afirmativas implementadas no Ifes, como a política de reserva de vagas para indígenas e afrobrasileiros (cotas raciais) nos processos seletivos e concursos públicos oferecidos pelo Campus, Campus Avançado e Cefor; 

V – realizar estudos e debates sobre os componentes curriculares dos PPC (Projeto Pedagógico de Curso) dos cursos ofertados pelo Ifes, a fim de assessorar tecnicamente na inserção dos conteúdos referentes à História e à Cultura Afro-Brasileira, Africana e Indígena, conforme preveem as leis nº. 10.639/2003 e nº.11.645/2008; 

VI – desenvolver ações educativas com a comunidade escolar que fortaleçam a importância da cultura negra e indígena na formação do povo brasileiro; 

VII – promover a realização de atividades de extensão, como cursos, seminários, palestras, conferências, painéis, simpósios, oficinas e exposições de trabalhos, com a participação da comunidade interna e externa, referentes às temáticas de que tratam o presente regimento;

VIII – fomentar ações educativas e culturais, por meio da gestão de ensino, pesquisa e extensão do Ifes em suas respectivas unidades, com abordagens inter-, multi- e transdisciplinares ligadas aos temas étnico-raciais e racismo, bem como pleitear a publicação dos respectivos resultados em veículos de comunicação internos e externos; 

IX – ensejar a formação inicial, a formação continuada e a formação em serviço para a comunidade escolar, difundindo o conhecimento e a valorização da história dos povos africanos, da cultura afrobrasileira e indígena e da diversidade histórica e cultural para construção da Nação Brasileira; 

X – assessorar no processo de produção e difusão, junto aos setores de ensino, pesquisa e extensão, de metodologias de ensino e de aprendizagem relacionadas à temática étnico-racial e racismo; 

XI – orientar a Diretoria de Ensino, as coordenadorias de cursos e o setor pedagógico quanto à inclusão de conteúdos referentes à Educação para as Relações Étnico-Raciais e Racismo (ERERR) nos projetos pedagógicos dos cursos Técnicos de nível médio (integrado, concomitante, subsequente e Proeja); do Superior e de Pós-Graduação. 

XII – Propor e acompanhar a inclusão e a prática da disciplina Educação das Relações Étnico-Raciais e Racismo (ERERR) nos PPC’s (Projetos Pedagógicos de Cursos) de nível médio e superior (Graduação e PósGraduação Lato e Stricto Sensu), em especial nas Licenciaturas;

XIII – recomendar ao Ifes o nome de obras literárias e publicações científico-acadêmicas relacionadas à educação étnico-racial e antirracista para o acervo nas bibliotecas das unidades da instituição;

XIV – estimular a produção e a divulgação de materiais didáticos, paradidáticos e bibliográficos que valorizem as temáticas afro-brasileira, africana e indígena no Ifes.

XV– fortalecer o diálogo permanente com outras instituições e movimentos sociais negros e indígenas, com foco em questões relativas à equidade racial e combate ao racismo; 

XVI– participar da revisão, na totalidade, dos documentos institucionais referentes à política educacional voltada às questões africanas, afro-brasileiras e indígenas;​

Coordenador Geral: Marcelo Monteiro dos Santos

Coordenadora Adjunta: Taisa da Rosa Barros

Secretária: Juliana Mezzomo Flores

Membros do Colegiado:  Márcio Vinícius Ferreira de Sousa

                                              Antonio Resende Fernandes

                                              Angela Andrade Coelho

                                              Bruno Santos Conde

                                              Filipe Coutinho da Silva

Documentos: 

Resolução de aprovação

Fim do conteúdo da página